Saúde

Secretaria de Saúde esclarece denúncias de negligência no HRSam

Vistos

Tendo em vista as notícias referentes a casos de denúncias ou reclamações contra os serviços de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Regional de Samambaia (HRSam), a Secretaria de Saúde esclarece ser importante, primeiramente, informar que o HRSam realizou, nos seis meses e meio deste ano, 2.581 partos naturais, cerca de 370 por mês, com baixo percentual de mortalidade – 9,2 óbitos fetais a cada 1.000 nascidos vivos, sendo que o ideal estabelecido pelo Ministério da Saúde é abaixo de 10. O índice de partos normais realizados é de 83%, bem acima do recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de 70% a 75%.

Cabe ressaltar, ainda, que:

1)        Foram encaminhados ao Hospital, pela delegacia de polícia, nove boletins de ocorrência. Destes, um diz respeito à Clínica Médica e já foi resolvido. Os oito restantes eram de conhecimento da Superintendência da Região de saúde Sudoeste e já estavam ou estão sendo apurados, caso a caso, respeitando-se o sigilo previsto na legislação. Desses, dois casos já foram resolvidos em juízo. Em um terceiro, a paciente assegurou que iria retirar a ocorrência e agradeceu à equipe médica pela conclusão do atendimento recebido. Ressalte-se que, nos casos relacionados aos boletins de ocorrência, todos os pacientes receberam atendimento médico e parte deles continua sendo assistida pelo hospital.

2)        Em outros cinco casos – num universo de 24 mil atendimentos realizados, nos últimos seis meses, pela equipe de Ginecologia e Obstetrícia –, há aqueles que configuram complicações e/ou intercorrências inerentes à patologia de base e que possuem evidências científicas suficientes para corroborar tal afirmação. Há, também, casos de maior complexidade, que exigem apuração investigativa por parte do Conselho Regional de Medicina (CRM), assegurado ao profissional acusado o direito de apresentar defesa e contestações.

3)        O Hospital Regional de Samambaia atende a uma população numerosa e está colocado entre os três hospitais com o maior número de partos do Distrito Federal, mantendo os moldes de atendimento determinados pela Rede Cegonha da Secretaria de Saúde do DF.  O HRSam busca, continuamente, a capacitação das equipes de trabalho com a instituição de protocolos assistenciais de excelência, assim como de protocolos operacionais de fluxo intra-hospitalar e participação dos profissionais em reuniões científicas periódicas, com foco na humanização e na melhoria constante do atendimento à população.

o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA