Saúde

Secretaria de Saúde entrega 72 próteses ambulatoriais

Pacientes recebem equipamentos nesta semana

Foto: Geovana Albuquerque
Vistos
Foto: Geovana Albuquerque

O Núcleo de Produção de Órteses e Próteses (Nupop) da Secretaria de Saúde do Distrito Federal entregará, até sexta-feira (24), 72 próteses ambulatoriais a pacientes da rede pública. Somente nesta segunda-feira (20), pessoas inscritas no Banco de Dados do Programa de Órteses e Próteses da secretaria receberam 15 equipamentos confeccionados sob medida.

“O objetivo da Secretaria de Saúde é devolver ao paciente amputado a sua inclusão para que ele volte a ter uma vida mais social e com mais autonomia”, destaca a chefe do Nupop, Maria Fernanda Bacieuk.

O Nupop, também conhecido como Oficina Ortopédica, e o Núcleo de Atendimento Ambulatorial de Órteses e Próteses e Materiais Especiais (NAOPME) são responsáveis pela avaliação, acompanhamento e encaminhamento de pacientes para confecção de órteses e próteses ambulatoriais pela pasta.

O cearense Antônio Sampaio chegou a Brasília em 1960. Desde então, sempre se manteve ativo e trabalhando. Por causa das complicações provocadas pelo diabetes precisou ser amputado. O aposentado, de 76 anos, ao receber a prótese fez até planos para voltar a trabalhar.

“Sempre trabalhei, mas quando perdi a perna minha vida parou. Com a prótese, quero sair da cadeira de rodas, quero andar e, quem sabe, até voltar a trabalhar”, pontua Antônio Sampaio.

Para ser atendido no núcleo de reabilitação é necessário que o interessado seja encaminhado ao serviço por uma unidade básica de saúde (UBS). A pessoa deve procurar a UBS mais próxima de casa. Após o cadastro, deve agendar consulta com um clínico geral ou um especialista, que realizará o encaminhamento para o serviço.

Para o cidadão ter acesso a órteses e próteses, é preciso laudo médico ou solicitação de profissional da área de saúde e levar a documentação para cadastro no Banco de Dados do Programa de Órteses e Próteses. Depois disso, os pacientes passarão por uma avaliação realizada pela fisioterapeuta do ambulatório.

“Gostei muito. Fui bem atendido quando precisei de minha prótese. Agora, sei que a minha vida vai melhorar. Quero voltar a trabalhar. Sei que não será a mesma coisa, mas com a prótese terei uma vida normal”, ressalta o agricultor Jairo de Andrade, 58 anos.

Foto: Geovana Albuquerque

ATENDIMENTO – Para receber órteses ou próteses ambulatoriais, o cidadão precisa comparecer ao NAOPME, situado na Estação do Metrô da 114 Sul, Praça do Cidadão, e apresentar alguns documentos, como o laudo médico ou a solicitação de profissional da área de saúde da pasta, CPF, cartão do SUS, número do cadastro SES e comprovante de residência atualizado. A visita precisa ser agendada e isso pode ser feito no telefone (61) 2017-1145, ramal 1164.

Após o cadastro, os pacientes passam por uma avaliação realizada pela fisioterapeuta do NAOPME. Depois dessa fase, o fornecimento dos equipamentos é realizado em um prazo de até 90 dias.

“Todos os pacientes da Secretaria de Saúde inscritos no programa, são convocados para receber as próteses ou órteses. Mas é importante manter o cadastro atualizado”, destaca a chefe do NUPOP, Maria Fernanda Baciuk.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA