Saúde

População de Samambaia aprova horário estendido em unidades de saúde

Vistos

A iniciativa da Secretaria de Saúde pretende otimizar o processo de trabalho dentro das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF). A ideia é chegar a uma resolutividade maior, entre 85% e 90% dos casos, para que somente os mais graves cheguem às emergências dos hospitais.

O  que a Secretaria de Saúde pretende atingir com o novo turno: casos não urgentes e de pessoas que não têm disponibilidade para consultas durante o dia. Por enquanto,  19 unidades de saúde estão atendendo até às 22h.

“Não muda nada do funcionamento em relação ao dia. As pessoas devem sempre procurar a Equipe de Saúde da Família responsável pelo território que cobre seu endereço”, esclarece a coordenadora de Atenção Primária, Maria Alessio.

As consultas também começaram a ser agendadas para a noite. “Eu estava marcada para as 15h e me ligaram remarcando para a noite. Achei bem mais tranquilo este horário”, diz a dona de casa Maria de Fátima Santos. Ela  faz acompanhamento na unidade do Guará há 40 anos.

EXPANSÃO – O novo horário começou a funcionar no dia 1° de novembro em Samambaia. Ao todo, 19 UBS estão com horário estendido.

No entanto, as unidades não atendem casos de urgência e emergência. As situações mais graves devem ser direcionadas às unidades de pronto atendimento (UPA) e a um pronto-socorro hospitalar.

Há, ainda, a proposta da Coordenação da Atenção Primária (Coaps) de realizar um acolhimento único em cada UBS. Neste caso, haverá profissionais para fazer a escuta qualificada e dar os direcionamentos necessários, liberando o pessoal de cada equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF) para atender as consultas agendadas, os pacientes crônicos e a demanda espontânea.

PROGRAMA – Ampliar o horário de funcionamentos nas unidades básicas é uma ação prevista no programa Saúde na Hora, do Ministério da Saúde, regido pela Portaria nº 930, de 15 de maio de 2019.

O Governo do Distrito Federal (GDF) assinou um termo de compromisso com o Ministério da Saúde para aderir ao programa, assumindo metas e indicadores a serem alcançados. A medida, incentivada pela Secretaria de Saúde, pretende ampliar a disponibilidade dos serviços em horários compatíveis aos dos trabalhadores, conferindo maior resolutividade à Atenção Primária.

 

 

o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA