Saúde

Pacientes da rede pública são beneficiados com entrega de cadeiras de rodas

Trata-se da maior aquisição do equipamento, em um único semestre, desde 2014

FOTO: BRENO ESAKI
Vistos

Cinco crianças atendidas pela rede pública de Saúde do Distrito Federal foram escolhidas para representar, em solenidade, nesta segunda-feira (19), a entrega de quase 2 mil cadeiras de rodas de diferentes modelos e finalidades, compradas pelo Governo do Distrito Federal, entre janeiro e junho deste ano – maior aquisição ocorrida em um único semestre desde 2014. O evento aconteceu no Hospital da Criança de Brasília.

FOT:O BRENO ESAKI

Os beneficiados são pacientes atendidos em domicílio, cadastrados e avaliados pelo Núcleo de Atendimento Ambulatorial de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde. Kaynan Dias Oliveira, 8 anos, foi um dos que receberam. O pai, Michelson Oliveira, ficou feliz ao ver o filho, agora, com uma cadeira certa para o tamanho dele. “Ele cresceu e estava precisando de uma nova”, frisou, contando que o pequeno usa a cadeira em razão da atrofia muscular espinhal.

Ao todo, foram compradas 1.957 cadeiras com recursos do Ministério da Saúde e licitação feita pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal. A aquisição ocorreu por meio de pregão eletrônico, na modalidade de registro de preços, no valor de R$ 1.709.571,00.

Do total comprado este ano, a maioria (967) é de cadeiras de rodas para banho, utilizadas nas atividades de higiene corporal dos pacientes. Também estão na lista 354 cadeiras para paraplégicos, 319 para tetraplégicos, 192 monoblocos e 125 motorizadas.

O quantitativo foi adquirido a partir da lista de pacientes cadastrados no Programa de Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME) Ambulatorial da Secretaria de Saúde do DF. Atualmente, a fila de espera tem 1.769 pessoas.

Hellen Vitória, 15 anos, foi uma das beneficiadas e também escolhida para falar em nome das crianças no evento desta segunda-feira. “Eu me sinto muito feliz em poder representar todas as crianças que, assim como eu, têm limitações”, disse ela a um auditório lotado. Ao descer do palco, a alegria dela era visível. “Estou feliz como se tivesse ganhado um carro, porque agora vou ter mais liberdade para tomar conta de mim”, disse.

A mãe dela, Odetina Barbosa, também ficou grata. “A antiga cadeira não era motorizada e eu já estava tendo problemas na coluna de empurrar ela todo dia, principalmente para leva-la à escola. Agora vai ficar mais fácil”, destacou.

Presente ao evento, a primeira-dama do DF, Mayara Noronha, ressaltou que a simbologia da entrega das cadeiras de rodas demonstra a importância de unir forças do governo local e do federal. “A mensagem que gostaria de deixar para vocês, crianças, é que podem ser o que quiserem, e estamos aqui, unindo forças, para proporcionar a vocês a vida que vocês sonham”, disse.

“É alegria estarmos reunidos, hoje, no hospital, para testemunhar a entrega de cadeira de rodas pela Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do SUS. Tenho certeza de que essas cadeiras serão ferramentas importantes para proporcionar maior autonomia e mais qualidade de vida para cada um de vocês”, disse a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, voltada às crianças que receberam as cadeiras.

FOTO: BRENO ESAKI

ENTREGA – De janeiro a 16 de agosto, a Secretaria de Saúde entregou 1.351 cadeiras de rodas, de vários modelos. “Já entregamos um número expressivo de cadeiras de rodas, de todos os modelos, e pretendemos, até o final deste ano, alcançar um número recorde dessas doações, assegurando a essas pessoas uma qualidade de vida melhor e dando a todas elas condições mais adequadas para buscar e alcançar seus sonhos”, disse o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

Segundo o governador do DF, Ibaneis Rocha, até o final de 2019 o Executivo local pretende entregar 2,6 mil cadeiras de rodas. “Até o final do próximo ano, a gente complementa toda a troca de cadeiras de rodas do DF. Com o apoio do governo federal, estamos com expectativa de que isso será acelerado. É o maior programa de distribuição de cadeiras de rodas desde 2014”, frisou.

Na solenidade de entrega das cadeiras, Ibaneis Rocha ainda assinou documento para criação de uma nova secretaria, voltada para pessoas com deficiência, e destacou a necessidade de reativar a fábrica de órtese e prótese da Secretaria de Saúde. “Isso será importante porque temos pequenos consertos, a formulação de novas e os ajustes, que são constantes. A vida da pessoa não pode esperar dois anos para fazer um ajuste”, completou.

ESTOQUE – Até o momento, há em estoque no Almoxarifado e no Núcleo de Produção de Órteses e Próteses (Nupop) 283 cadeiras de rodas. Desse total, a maioria é de cadeiras tetraplégicas anatômicas (100), seguida das de banho comum (77), tetraplégico adulto (60), de banho com aro (29), as convencionais, chamadas de monobloco (8), de obeso (7) e motorizadas (2).

FOTO: BRENO ESAKI
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA