Saúde

MPDFT e Saúde criam projeto para melhorias na obstetrícia do HRSam

Reunião definiu ações dentro do projeto Parto Seguro

Vistos

Representantes da Secretaria de Saúde participaram, nesta quinta-feira (8), de uma reunião no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), para discutir melhorias para a obstetrícia do Hospital Regional de Samambaia (HrSam). A pauta foi o projeto Parto Seguro, criado pelo ministério para atuar em parceria com a secretaria.

“Foram discutidas várias ações para auxiliar o hospital nos processos de trabalho interno deles, para que o Ministério Público possa ajudar em projetos específicos de melhoria de ambiência e até em possível aquisição de equipamentos”, frisou a chefe da Assessoria de Redes de Atenção à Saúde, Camila Gaspar. A ideia pode se estender para outros hospitais da rede, mas ainda é um projeto para o futuro.

Na reunião, foram citadas ações que a Secretaria de Saúde irá desenvolver para melhorar o atendimento no HrSam. “Será feita capacitação de servidores, envolveremos mais as equipes da atenção primária com a obstetrícia do hospital para aumentar o vínculo da gestante, frisando que ela pode conhecer a maternidade antes do parto”, destacou Camila Gaspar. Uma das primeiras ações neste sentido acontecerá na semana que vem, com um curso para gestantes, dentro do Hospital Regional de Samambaia.

Estiveram presentes delegados, também, representantes do Conselho Regional de Medicina e do Sindicato dos Médicos, e também do Instituto Médico Legal (IML). O encontro da Saúde, com o MPDFT e estas outras entidades e órgãos fazem parte das ações para melhorias no HrSam após denúncias na área de Ginecologia e Obstetrícia.

o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA