Cidade

Combate ao feminicídio é tema de reunião na cidade de Samambaia

Em apenas 15 dias do mês de janeiro (2020), quatro feminicídios foram registrados, sendo três deles em Samambaia

Vistos

Representantes das secretarias da Mulher e de Segurança Pública, do Conselho de Segurança e de unidades básicas de saúde (UBS), além de lideranças comunitárias, participaram de uma reunião para traçar de forma emergencial estratégias para o combate ao feminicídio em Samambaia. O encontro foi promovido pela administração da cidade.

“Convidamos todos aqui na administração para um diálogo, um planejamento de ações para o combate ao feminicídio”, declarou o administrador de Samambaia, Gustavo Aires. “Infelizmente tivemos já alguns casos em Samambaia este ano e, por isso, precisamos conscientizar a população. Estamos contando com o apoio dos órgãos de governo que se prontificaram a nos ajudar”.

Durante a reunião, a secretária da Mulher, Ericka Filippelli, enfatizou a importância de levar à região o programa Jornada Zero Violência Contra Mulheres e Meninas, elaborado em parceria com o Fundo de Populações da ONU.

No DF, em 2019, foram registradas 34 vítimas de feminicídio, um triste e alarmante número que cresceu 61% se comparado com o ano de 2018. Crime que choca familiares, outras mulheres e a sociedade como um todo.

Infelizmente, em apenas 15 dias do mês de janeiro, quatro feminicídios foram registrados, sendo três deles em Samambaia. Essa notícia traz muita tristeza e desperta grande comoção e preocupação na população local. Eliane Medeiros, mãe de três filhos e advogada expõe sua impressão sobre o tema. “Esse encontro serviu para mostrar que a Administração está trabalhando junto com a comunidade. Esse vínculo é a base para a sociedade”.

Para Maura Lúcia Gonçalves, que é enfermeira e presidente da Rede Brasil Mulher, entidade conhecida nacionalmente e internacionalmente, por trabalhar todos os aspectos da violência contra a mulher, em seu discurso afirma, “a iniciativa da Administração da cidade e do Conselho de Segurança foi fantástica, essa foi a primeira vez que eu vi o Conselho de fazer esse diálogo com mulheres. Isso é muito bacana. Samambaia sai à frente de todas as cidades”.

Fonte: Agência Brasília | Ascom RA XII

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA