Cultura

Banda Firmino de Samambaia leva o rock para o Complexo Cultural Samambaia

Vistos

No último domingo (16/12) moradores de Samambaia ganharam um novo ponto cultural e a banda da cidade, Firmino, se apresentou no Complexo Cultural Samambaia como parte da programação do dia. O espaço visa recuperar e fortalecer os equipamentos culturais públicos no Distrito Federal.

Formada em 2008 e passando por varias modificações positivas a banda Firmino e seu Rock Alternativo vem mostrando seu trabalho em diversas apresentações independentes em sua
cidade e e em cidades vizinhas, visando estimular a cena independente do Rock com as bandas da região.

A Banda conta com André Santos (Mamão) na bateria, André Turok no baixo, Weslley Shavo na guitarra e Luciano de Jesus na guitarra e vocais. Por onde se apresenta, a Banda se destaca com suas letras marcantes de forma singular para seus ouvintes onde os mesmos sempre retribuem com elogios.

Com influencias do rock nacional buscando suas raízes roqueiras o grupo vem trabalhando arduamente em suas composições com o objetivo de impactar, de algum modo, o público.
Firme, constante, forte e vigoroso, é a etimologia que o nome Firmino carrega, porém esse não fora o principal motivo para a escolha do nome da banda formada em por jovens músicos de igreja e redondeza de Samambaia/DF.

O verso “Não, não quero mais ver o Firmino andar pra trás” é da letra da música intitulada de Firmino, da banda paulista The Flanders, que faz analogia aos Flanders, personagens do seriado “Os Simpsons”, e que desde o ano 2000, ano de sua formação, toca músicas do gênero punk rock / hardcore.

E foi com este verso, que em 2008 os apreciadores do estilo da banda supracitada, deram nome ao projeto de uma nova banda brasiliense, surgia assim em outubro de 2008 a banda Firmino.

No início a proposta do hardcore predominava como estilo de trabalho da banda por entre os integrantes, da época, os senhores André Turok, Anderson Alves e Weslley Pereira. Com os primeiros ensaios, apresentação das primeiras músicas e primeiros shows, todos viram que o que estava sendo executado, fugia um pouco da proposta do hardcore e se assemelhava mais
com o rock alternativo, aquele estilo que não pode ser classificado como nenhuma das outras vertentes rotuladas pelas mídias em geral, por conta dos diversos ritmos que as bandas neste estilo, chegam a usar e por se aproximar de alguma forma do rock clássico.

Em Outubro de 2014 foi lançado o primeiro EP com registro fonográfico profissional, com o título “Prazeres à Vista”. O disco conta com 05 canções e é visto pelos seu integrantes, como um novo ponto de partida para traçar novos horizontes.
Por motivos pessoais, Anderson Alves optou por deixar os trabalhos da banda no ano de 2017.

A Banda segue escrevendo e montando material para logo mais dar início a gravação do 2o EP e, mais forte do que nunca, tendo em vista que o vocalista Fernando Marques se uniu ao grupo em Novembro de 2018.

o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM

Deixe uma resposta

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
WhatsApp #ZAPATIVA