Esportes

Alunos de escolas de Samambaia participam da abertura dos Jogos Escolares do DF 2019

Vistos

Os Jogos Escolares do DF chegam a sua 59ª edição em 2019. A cerimônia contou com participação de estudantes do Centro de Ensino Fundamental 312 de Samambaia Sul e Centro de Ensino Fundamental 411 de Samambaia Norte, além de  autoridades e atletas renomados na última sexta-feira (12/4).

A Secretaria de Educação do DF promoveu a solenidade de abertura da competição, um dos eventos mais tradicionais do Distrito Federal. Realizada no ginásio da Escola Parque Anísio Teixeira, em Ceilândia, a cerimônia contou com a presença dos secretários de Educação, Rafael Parente, e de Esporte e Lazer do DF, Leandro Cruz Fróes da Silva, estudantes das 14 regionais de ensino da rede pública, alunos de escolas particulares que participam dos jogos, professores, autoridades e atletas profissionais.

Logo de início, a equipe de ginástica acrobática da escola de esportes da Secretaria de Esportes e Lazer deixou o ambiente contagiante. Os jovens atletas fizeram uma apresentação repleta de malabarismos, arrancando palmas de todos os presentes. Depois, as delegações de estudantes foram chamadas uma a uma para ocupar a quadra do ginásio e puderam ouvir as palavras de incentivo das autoridades.

O secretário de Educação, Rafael Parente, destacou a importância dos jogos para a vida dos estudantes. “Os esportes são mais que meios de alcançar sonhos. Quem pratica atividades esportivas é mais inteligente, aprende melhor, tem mais qualidade de vida, permanece longe de atividades prejudiciais, como as drogas. Por isso, esse evento é essencial”, falou aos jovens presentes. “Aqui se inicia o esporte de Brasília. Daqui podem sair grandes atletas. Mas, mais importante que isso, é uma oportunidade de mostrar o esporte como uma fundamental ferramenta educacional”, destacou o secretário de Esporte e Lazer do DF, Leandro Cruz Fróes da Silva.

Após os pronunciamentos, o atleta brasiliense Caio Bonfim, medalhista mundial da marcha atlética, entrou no ginásio carregando uma tocha. Em seguida, o jogador Danilo Sena, da equipe Cerrado Basquete, conduziu a chama, que ainda passou pelas mãos de uma estudante até chegar à pira dos Jogos Escolares. Para finalizar, Caio Bonfim deu o último recado aos estudantes. “Essa é uma oportunidade de mostrarem seus talentos. Já estive aí no lugar de vocês e sei o quanto é emocionante participar. Mas, antes de tudo, desejo que se divirtam, pois essa é a alma do esporte!”

Os Jogos Escolares já são uma tradição nas escolas do Distrito Federal. Os estudantes podem competir em duas categorias: de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos. Os vencedores de cada região administrativa disputam a competição distrital, que ocorrerá no segundo semestre deste ano. Após essa etapa, os ganhadores vão representar o Distrito Federal nos Jogos Escolares da Juventude, competição nacional.

Késia Paos
o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM

Deixe uma resposta

WhatsApp #ZAPATIVA