Esportes

Sobradinho empata com o Samambaia e não é mais 100% no Candangão

Vistos

O Sobradinho perdeu o 100% de aproveitamento e a liderança do Candangão ao empatar com o Samambaia, no estádio Augustinho Lima, na tarde desta quarta-feira (31). Os visitantes conquistaram o primeiro ponto no campeonato após duas derrotas consecutivas. O Leão dominou a maior parte do primeiro tempo de partida, mas custou a abrir o placar graças a mais uma grande partida do goleiro do Samambaia.

Em uma das defesas, Uoston salvou com o pé esquerdo, frente a frente ao camisa 10 do Sobradinho, Paulo Henrique. Mas de tanto tentar, os donos da casa chegaram ao gol nos acréscimos. Aos 46 minutos, o atacante Mirandinha aproveitou o bom cruzamento do lateral esquerdo Dionathan e mandou para a rede, abrindo o placar para o Sobradinho. A segunda etapa começou com mais equilíbrio.

A Cobra-Cipó incomodava pelo lado esquerdo com o meia Neiva, o ponta Kiko e o lateral esquerdo Julio César. Tanto, que logo aos três minutos, Julio César recebeu de Neiva e cruzou rasteiro para o centroavante Amoroso completar de carrinho e deixar tudo igual em Sobradinho, dando números finais à partida. Mas antes do término do confronto, Uoston salvou o Samambaia em mais duas ocasiões e, por pouco, o time visitante não conseguiu a virada.

Em um dos últimos lances da partida, Kiko dribla um marcador dentro da área e chuta prensado. A bola passa rente à trave direita de Léo, goleiro do Sobradinho.

Na próxima rodada, o Samambaia vai ter a difícil missão de bater o Gama, no Bezerrão. Já o Sobradinho vai tentar recuperar a liderança contra o Paranoá, que também manda os jogos no Augustinho Lima.

CAMPEONATO BRASILIENSE – 3ª RODADA

SOBRADINHO 1-1 SAMAMBAIA 31.01.2018 – ESTÁDIO AUGUSTINHO LIMA – SOBRADINHO/DF

Público: não divulgado Renda: não divulgada

SOBRADINHO Léo; Andrezinho, Igor, Rambo e Dionatan; Thiago Bispo, Everton, Dias e Paulo Henrique; Mirandinha e Platini. Técnico: Victor Santana

SAMAMBAIA: Uoston, Sapo, Gaia, Anderson e Julio César (c); Jorge, Felipe (Nuno), Neiva e Kiko; Diego (Otávio), Amoroso (Val Santos). Técnico: Danilo Fiuza

Deixe uma resposta