EsportesNoticias

Quadras poliesportivas detonadas desestimulam praticantes de atividade física em Samambaia

Vistos

Por Késia Paos

Quadras de esportes em Samambaia apresentam situação de abandono, segundo informações de moradores de Samambaia. A comunidade também reclama do estado crítico os ambientes como praças, parquinhos infantis, quadras poliesportivas, além de Pontos de Encontro Comunitário (PECs) espalhados pela cidade sem manutenção.

O morador de Samambaia, Robson Cromozinho, informou que na quadra poliesportiva da quadra 127/125 só tem o chão, pois os alambrados já venderam tudo no quilo do ferro. Jonathan Rodrigues diz que o espaço da quadra 411/413 está pedindo socorro. “Desde que foi feita nunca teve uma reforma e do lado tinha um parque que até a areia não tem mais, os brinquedos o ferrugem detonou”, lamenta. A Ativa FM 98,1 recebeu relatos de moradores das quadras 122/120,118,127/125,829,411/413,323,521,433/431,315,203,417,409/407,512, 311,319,107/105,103 e 314. Segundo os moradores, todas as quadras de esportes apresentam falta de manutenção e abandono pelo poder público.

A falta de manutenção e a mau uso dos espaços coletivos são um problema para os praticantes de atividade física que moram em Samambaia. A equipe de reportagem da rádio Ativa FM 98,1 Samambaia questionou a Administração de Samambaia sobre uma solução para o problema.

De acordo com a assessoria de comunicação da Administração de Samambaia-DF a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) informou que havia iniciado um processo licitatório para o serviço em equipamentos públicos, tais como: praças, parquinhos infantis, quadras poliesportivas, além de Pontos de Encontro Comunitário (PECs). Entretanto, a licitação ficou suspensa pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios por dois anos. Após liberação, a Companhia entrou em contato com as empresas que ficaram nos primeiros lugares da licitação. No momento, estão sendo finalizados os trâmites para assinatura do contrato.

A empresa realiza também pequenos reparos em área públicas de lazer como parques infantis e PECs, de acordo com a demanda, equipes e material para executar o serviço. A Administração Regional de Samambaia lembra que o levantamento das necessidades de manutenção de equipamentos públicos é realizado pelas administrações regionais, com base nas demandas dos cidadãos, recebidas via ouvidoria das Regiões Administrativas ou por líderes comunitários.

De acordo com a Administração Regional de Samambaia, os técnicos fazem um levantamento da situação de todos os equipamentos de esporte, lazer e recreação da Região Administrativa de Samambaia. Após conclusão deste levantamento, será encaminhado um pacote de obras à Novacap e à Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos.

Nas quadras de esporte em que for possível a manutenção direta pela Diretoria de Obras da Administração Regional, o trabalho será feito com servidores do órgão. Ainda não há um prazo para conclusão do estudo.

 

Deixe uma resposta