Cidade

Jovem de Samambaia teve intoxicação por remédio após tomar 12 comprimidos de antidepressivos

O Distrito Federal registrou 609 casos de intoxicação por medicamento no primeiro semestre deste ano

Vistos

De acordo com a Secretaria de Saúde o Distrito Federal registrou 609 casos de intoxicação por medicamento no primeiro semestre de 2018. O número supera a quantidade de intoxicações ao longo de todo o ano de 2017, quando 585 pessoas apresentaram problema.

Um dos casos é o de Breno Alvarenga, de 14 anos, que até janeiro deste ano tinha uma vida saudável. Mas depois que ele tomou uma dose considerada excessiva do antidepressivo do irmão mais velho, ele passou a apresentar problemas de saúde.

Mãe dele, a dona de casa Joyce Alvarenga diz que foram de 10 a 12 comprimidos. “Ele entrou no quarto, não vi tomando. Eu percebi quando ele passou mal. Veio da cozinha para a sala e caiu.” Breno ficou 22 dias em coma. Agora está em casa, em Samambaia, mas ainda precisa respirar com ajuda de aparelho.

Ele precisa de tratamento para tentar recuperar os movimentos e voltar a falar. Segundo os médicos, as sequelas são consequência das doses altas de remédio. “Ele deu uma parada cardíaca fulminante na hora.”

A Secretaria de Saúde diz que o jovem está sob cuidados do Núcleo de Atendimento Domiciliar de Samambaia desde maio, recebendo assistência de médicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos. O que diz o médico A “mistura” entre diferentes medicamentos, e também com alimentos ou bebidas, também pode resultar na intoxicação. “Toda semana, a gente tem um caso ou dois com intoxicação internado no pronto-socorro. Tem de várias idades e para cada uma, a gente tem um fator a ser levado em consideração”, explicou o especialista da TV Globo Luiz Fernando Silva.

Sintomas de intoxicação por medicamento

É importante ficar atento aos sintomas típicos:

convulsões

vômitos

diarreia

sonolência

queimação na boca e no estômago

mudança na cor dos lábios

suor excessivo

dificuldade para respirar

perda de equilíbrio

confusão mental

paralisia

perda de consciência

Se alguém apresentar mais de um desses sintomas depois de ingerir doses elevadas, a orientação é ligar para o serviço de emergência o mais rápido possível.

Fonte: Portal G1

Késia Paos
o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM

Deixe uma resposta

WhatsApp #ZAPATIVA