Cultura

Escritora de Samambaia recebe prêmio de Cultura e Cidadania da Secult-DF

Meimei Bastos escritora e feminista negra destaca a periferia em suas publicações

Vistos

A artista e escritora, Meimei Bastos, tem 27 anos e comemora o prêmio de Cultura e Cidadania da Secult-DF, na categoria Equidade de Gênero, nas redes sociais. Entre as ruas de Samambaia surgiu sua primeira obra o então Um verso e mei  publicado pela editora Malê.

A divulgação do resultado foi destacada pela Secretaria de Cultura . O prêmio tem como objetivo reconhecer trajetórias de grupos, coletivos, agentes e personalidades da cultura do Distrito Federal, valorizando suas identidades, fazeres e saberes.

Meimei Bastos também participou junto com Miriam Alves  da 4° Bienal Brasil do Livro e da Leitura que iniciou no último dia 18 de agosto. A escritora se apresentou no espaço Encontro com autores, no Auditório Cora Coralina, do Centro de Convenções Ulysses Guimarães num bate-papo sobre o racismo na Cultura.

 

Késia Paos
o autorKésia Paos
Coordenadora de Jornalismo Local
Jornalista da rádio Ativa FM

Deixe uma resposta

WhatsApp #ZAPATIVA