Esportes

Bolamense aproveita vacilo para vencer o Samambaia no Rorizão

Foto: Marco Antonio
Vistos

Fonte: Esportes Brasília

Por Raphael Felice

Em partida válida pela oitava rodada do Candangão, o Bolamense levou a melhor no clássico e derrotou o Samambaia no Rorizão. Melhor durante toda a partida, a Cobra Cipó desperdiçou pelo menos três chances claras de gol e mais uma vez não transformou o volume de jogo em gols.

Por sua vez, o Bolamense aproveitou vacilo do goleirão Uoston, que furou o domínio de bola, dando um presentão para Pedrinho marcar o único gol da partida.

O jogo

O clássico de Samambaia começou com a Cobra Cipó tomando iniciativa. A equipe da casa investia com perigo principalmente pelo lado esquerdo por intermédio do lateral esquerdo Julio César.

Até que, aos 12 minutos de jogo, o camisa 10 do Bolamense, Pedrinho, aproveitou vacilo de Uoston, goleiro e destaque do Samambaia no Candangão, e abriu o placar para a onça pintada.

Mas o gol não abateu o time mandante. Aos 20 minutos, Amoroso tentou responder. Passou por dois marcadores e chutou cruzado rente à trave. No restante da primeira etapa, o Samambaia tentou pressionar, mas acabava errando no último passe.

Aos 30, o Bolamense voltou a assustar com chute de Pedrinho de fora da área, mas dessa vez seguro, Uoston fez boa defesa.

A segunda etapa começou quente e logo aos dois minutos, cortou o marcador e passou para Amoroso dentro da grande área, que livre de marcação, chutou de primeira pra fora. Um minuto depois, o Samambaia voltou a levar perigo. Após passar por um marcador, Neiva deu belo passe para Kiko. O meia atacante do Samambaia avançou e chutou raspando a trave do goleiro Yuri.

Após perder as duas oportunidades, o Samambaia ficou um pouco nervoso e passou a atacar desordenadamente e só criou oportunidade na bola parada. Por duas vezes, Cerezo levou perigo de cabeça, mas também não conseguiu colocar a bola no fundo da rede.

O Bolamense, tentava aproveitar os contra ataques nos espaços deixados pela Cobra-Cipó. Em uma delas, William Amendoim invadiu a área, mas parou no goleiro Uoston.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o Bolamense ainda perdeu um jogador. O zagueiro Alan recebeu segundo amarelo após fazer dura falta em Kiko. Mas já era tarde demais para o Samambaia, que com a derrota no clássico, foi para a zona de rebaixamento do Candangão, enquanto o Bolamense entrou na briga pela classificação para a próxima fase.

Na próxima rodada, o Samambaia visita o Real no estádio Serra do Lago. Já o Bolamense recebe o Paranoá no estádio Abadião.

CAMPEONATO BRASILIENSE – 8ª RODADA
SAMAMBAIA 0-1 BOLAMENSE
25.02.2018 – ESTÁDIO RORIZÃO – SAMAMBAIA/DF

SAMAMBAIA
Uoston; Glauber, Gaia, Ernesto, Júlio César (Máximo); Jorgevan, Wisley, Neiva e Kiko; Cereso (Xandy), Amoroso (Rafael Barriga).
Técnico: Val Baiano

BOLAMENSE
Yuri; Rato, Alan, Paulo e Maylson; Werick, Desson, Pedrinho e Bigú Braz (Higo); Amendoim e Lucas.
Técnico: Luiz Henrique

Deixe uma resposta